cicopaAmericas

No último dia 12 de outubro aconteceu o seminário “Servir Melhor”, que reuniu cooperativas de diversos setores como trabalho associado, habitação, serviços públicos, crédito, transporte, dentre outros. Mais de cem pessoas compartilharam experiências, conhecimentos e opiniões com o objetivo de consolidar laços entre os setores e fortalecer o movimento cooperativista por meio da intercooperação.

O seminário, parte da programação da XX Conferência Regional das Cooperativas das Américas, teve como um dos eixos mais destacados o debate sobre o papel das cooperativas na questão do poder, pensado aqui não só como o poder da incidência nas instituições públicas, mas também como o poder de ação que as cooperativas têm em suas comunidades.

Outro tema importante ressaltado foi a necessidade de participar na formação de quadros políticos e gerenciais, mas também ser parte integrante dos governos e parlamentos. Perdeu-se de vista a essência cooperativa, que está centrada no ato cooperativo. E esse foi assunto de profundo debate no início do encontro.

A Assembleia Ordinária da CICOPA Américas aconteceu ao final do dia, reunindo representantes do Paraguai, México, Brasil, Argentina, Uruguai e Colômbia, buscando definir os passos na nova conjuntura colocada pelas mudanças que aconteceram e acontecerão na Aliança Cooperativa Internacional (ACI), sem deixar de lado a consolidação da organização do grupo em nível nacional e sub-regional.

A urgência em consolidar a CICOPA América do Norte foi um dos temas centrais da reunião. A falta de desenvolvimento institucional nas áreas americanas andina e centro-americana motivou a decisão de iniciar um diálogo com o Comitê Executivo das Cooperativas das Américas para identificar organizações que possam ajudar, por meio de contato ou ação direta, na consolidação nessas áreas.

A CICOPA Américas volta assim a disponibilizar seus recursos para construir um movimento cooperativo e autogerenciado forte e amplo, que pode se tornar uma alternativa ao sistema atual, com o objetivo de melhorar a vida dos povos americanos.