A Chico Mendes, cooperativa de frutas secas da região de Modena, na Itália, contatou a Cocajupi (Central de Cooperativas de Cajucultores do Estado do Piauí) para que ela passe a comercializar castanha de caju na terra da bota. O primeiro lote com 100 caixas de 2.268 quilos de caju está pronto, sendo que 60 caixas já deixaram o porto de Natal e outras 40 sairão no próximo mês.

O início do acordo entre as duas cooperativas se deu em meados de setembro de 2011. As castanhas de caju fabricadas pela Cocajupi foram avaliadas na Itália antes mesmo que fosse definido um primeiro contato. No entanto, não demorou muito para que a resposta sobre o produto fosse a ótima qualidade. Vale lembrar, que o responsável pela permissão da exportação e de toda documentação necessária, junto a Receita Federal, é o gerante Luiz Eduardo.

A ligação entre Chico Mendes e Cocajupi se deu pela proximidade com a Cospe (Cooperação para o Desenvolvimento dos Países Emergentes). Outro ponto a favor é a certificação de comércio justo da FLO (Fair Trade Labelling Organisations International) que as duas instituições têm. A cooperativa Chico Mendes já colabora e adquire caju de pequenos produtores da região nordeste, possibilitando que estes empreendimentos cheguem a mercados mais rentáveis.

Vale lembrar ainda, que a Região Emilia Romanha, uma das grandes parceiras da UNISOL Brasil, apoia essa e outras iniciativas por meio de projetos que mantém com empreendimento econômicos solidários.