Plantação de um dos assentamentos parte da Cooperdotchi. Crédito: Blog Universo Magali

Plantação de um dos assentamentos parte da Cooperdotchi. Crédito: Blog Universo Magali

No próximo dia 02 de outubro será um dia de comemorações (veja no convite no final do texto) na Cooperativa Regional de Industrialização e Comercialização Dolcimar Luiz Brunetto – a COOPERDOTCHI – EES de agricultura familiar filiado à Unisol Brasil, localizado na cidade de Rio Negrinho, na região norte catarinense, a 260 quilômetros da capital Florianópolis. O EES irá realizar um grande evento junto ao poder público local para inaugurar as estruturas referentes ao PROINF – Pronaf Infraestrutura e na ocasião comemorará seu nono aniversário.

Formada por agricultores que ocupam assentamentos em diversos municípios catarinenses, a COOPERDOTCHI participa da Rede PTS BRASIL desde 2013. Esta participação foi motivada a partir da discussão da necessidade de se criar um espaço de construção de modelo de Economia Solidária, comprometido com a estruturação da cadeia produtiva no Território da Cidadania do Planalto Norte Catarinense. E com foco na Logística Solidária e Inclusão Financeira.

Nascendo de um acordo entre as cooperativas da Reforma Agrária catarinense para que atuam de forma solidária, e não competitiva, a COOPERDOTCHI tem apresentado aumento progressivo de seu quadro social que alcança hoje 385 cooperados. Isto tem atendido aos seus interesses estratégicos de longo prazo. Considerando o potencial produtivo de sua base cooperada e assentada na região de atuação e a crescente demanda por produtos hortifrúti “in natura” com valor agregado, a COOPERDOTCHI busca apoio institucional, técnico e financeiro para instalar a unidade industrial para atender este novo e vigoroso mercado. Como desdobramento ocorreu a ampliação do quadro social, com foco na visão de fortalecimento da base produtiva da COOPERDOTCHI para atender mercado com alta capacidade de consumir alimentos minimamente processados.

Conforme noticiamos aqui no site em http://unisol.coop/gM, em novembro de 2013 foi assinado um acordo de Cooperação que formou a REDE PTS com a participação da Cooperpomares, Cooperdotchi, Comsol e Unipafi, e que funcionou como a “semente” de modelo de cooperação com bases nos modelos de cooperativa de Agricultura Familiar, Agricultura Orgânica e cooperativa de assentados da Reforma Agrária.

Segundo Couto, “dessa forma, a experiência de formação da REDE PTS BRASIL tem duplo diferencial. De um lado, promove a integração de Empreendimentos Coletivos da Economia Solidária com reduzido nível de cooperação, com base na agenda da formação de Redes de Cooperação orientada para a solução de integração logística, beneficiamento e comercialização; Doutro lado, é a primeira iniciativa da Secretaria Nacional da Economia Solidária no Território da Cidadania do Planalto Norte Catarinense”, ressalta.

A COOPERDOTCHI também está enquadrada no Programa Terra Forte que prevê a implantação de Agroindústria para Processamento de frutas e hortaliças dos assentamentos da Reforma Agrária com investimento total de cerca de R$13 milhões. Segundo Lutero Couto, articulador da Rede PTS, “no momento estão sendo feitos os ajustes de cronograma de execução físico-financeiro do projeto da Agroindústria, sob a coordenação do NeuroBanco – Banco de Desenvolvimento Solidário e ainda a articulação em modelo de rede, por meio da execução do Projeto Redes / SENAES / Unisol Brasil”, esclarece.

Se quiser saber mais sobre o evento comemorativo de 02 de outubro, veja o convite no link em pdf.Convite Prefeitura Municipal de Rio Negrinho

Confira na semana do dia 02 a próxima matéria que trará mais informações sobre o contexto histórico da ecosol no estado catarinense, e as perspectivas da COOPERDOTCHI.