NaturalFashionO algodão orgânico da Paraíba é a matéria prima para roupas, brinquedos e acessórios produzidos pela Natural Fashion. A marca passa agora a ser vendida na Casa Orgânica, em São Paulo.

Criado no ano 2000, em Campina Grande, com objetivo de fortalecer as empresas têxteis e de confecção locais, o Consórcio Natural Fashion encontrou no algodão colorido e orgânico um diferencial e, três anos depois, foi criada a Cooperativa de Produção Têxtil e Afins do Algodão do Estado da Paraíba (CoopNatural), que começou com dez empresas de confecção e tecelagem e hoje conta com mais de 30 cooperados. A CoopNatural organizou o plantio, articulada com a Rede Paraíba de Algodão Agroecológico, e certificou as áreas plantadas, em sua maioria assentamentos. Hoje, cerca de 25 municípios e núcleos agrícolas plantam e são apoiados pela cooperativa.

“Essa é a primeira vez, em 17 anos de existência, que temos um ponto de venda fixo com estoque relevante na cidade de São Paulo. Em março, fomos a São Paulo a convite da UNISOL, para o Encontro Nacional de Economia Solidária e para o Encontro de Mulheres da UNISOL. A Casa Orgânica já havia feito um pedido e fui conhecer pessoalmente nosso cliente, já que estavam inaugurando uma linda e grande loja para comercializar exclusivamente produtos orgânicos. Na visita surgiu a ideia de colocarmos nosso estoque em São Paulo, pois o maior mercado do Brasil está ali, e nosso clientes também ficam mais perto para economizar no frete”, diz Maysa Gadelha, presidente da Natural Fashion. “Mandamos a mercadoria com preço de atacado. Nas vendas de varejo, a Casa Orgânica fica com o lucro e no atacado damos uma comissão para a loja. Assim, os clientes têm um preço muito mais barato nas mercadorias e um estoque grande para escolher à vontade”.

Consórcio Natural Fashion está presente em 18 estados do Brasil e em vários outros países como Itália, Espanha, Noruega, Alemanha, Suíça e Holanda, para onde exporta suas peças.

A rede mobilizada nessa produção é bem ampla, formada por empresas de confecção, serigrafia, tecelagem, calçados, bolsas e acessórios, associações de artesãs, cooperativas de artesanato, clubes de mães e artesãos autônomos, gerando mais de 800 empregos diretos.

Técnicas artesanais como crochê, macramê, renascença, bordado manual, aplicação e tecelagem são utilizadas nas peças, valorizando a cultura nordestina. O resultado de toda essa cadeia inclusiva são roupas, acessórios, brinquedos e objetos de decoração em algodão orgânico certificado com o selo da Associação do Instituto Biodinâmico (IBD).

A Casa Orgânica é o primeiro supermercado 100% orgânico e sustentável de São Paulo, que busca valorizar e reunir uma diversidade de produtos orgânicos selecionados e com qualidade certificada. Um local que busca a troca de experiências entre as pessoas e sugere uma nova forma de consumo, justa e economicamente viável. Saiba mais sobre o novo espaço aqui: http://www.casaorganicasp.com.br/