Print Friendly, PDF & Email

O aumento da renda e a criação de emprego deve ser obtida a partir de investimentos públicos e privados no sentido de reduzir a emissão de gases de efeito estufa, promover a eficiência energética, evitar a perda da biodiversidade e promover a produção e consumo sustentáveis. Todos esses assuntos estiveram presentes durante a Segunda Cúpula Cooperativa das Américas, realizada no Panamá, de 28 de maio a 01 de junho. A UNISOL Brasil esteve representada no evento por seu presidente, Arildo Mota Lopes, que também está à frente da Cicopa Américas.

A Conferência foi organizada pela ONU (Organização das Nações Unidas), em coordenação com a ACI (Aliança Cooperativa Internacional) e o Movimento Cooperativo na América. As entidades esperam que uma nova declaração retome o tema ambiental como norma de conduta da organização e como parte da estratégia de negócio competitivo, além das disposições das leis, o exercício da responsabilidade social e uma cooperativa genuína.

Durante a conferência, foi falada as muitas maneiras e diferentes formas para que os países alcancem um desenvolvimento ambiental e socialmente sustentável, criando economias verdes e nacionais que fomentem a produção e o consumo limpo, além de proteger os recursos naturais. “É hora de cada empresa, cooperativa e sociedade civil fortalecer as medidas concretas tomadas para alcançar o desenvolvimento sustentável”, afirmou a advogada Ana Giselle Rosas de Vallarino, diretora executiva do Ipacoop.

Fonte: Ipacoop.

[nggallery id=76]